Destaques

06/09/2018 16:35

MOTIVAÇÃO: Polícia passa primeiras informações ao interrogar agressor de Bolsonaro

O esforço conjunto das policias de Minas Gerais tentam desvendar os motivos do atentado.

 

O sargento Alessandro do Nascimento, da Polícia Militar de Juiz de Fora, informou que, durante o primeiro interrogatório, antes de ser levado para a Polícia Federal, Adélio Bispo de Oliveira disse que esfaqueou Jair Bolsonaro “porque quis”.

“Ele disse: ‘Fiz porque eu quis, por vontade própria. Partiu de mim’, concluiu.

 

Flávio Santiago, major da PM de Minas Gerais, informou também que Adélio Bispo de Oliveira, que confessou o crime, já havia sido preso em 2013 por lesão corporal.

 

 

 

 

 

 

 


WWW.RONDONIATUAL.COM: Este site acompanha diversos editoriais. Todos as notícias veículadas aqui são tratatas como simples suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Não nos responsabilizamos por quaisquer comentários de nosso internautas.

Retirar notícia: Entre em contato, enviando-nos o link da matéria.

CONTATO: contato@rondoniatual.com

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo