Rondônia

11/01/2019 23:50 Uol

Membro da cúpula do PCC irá para prisão de Rondônia

A defesa de Cláudio Barbará da Silva, conhecido no PCC (Primeiro Comando da Capital) apenas como Barbará, afirmou nesta sexta-feira (11) que o preso deverá ser transferido entre hoje e os próximos 30 dias da penitenciária 2 de Presidente Venceslau (SP), onde está a cúpula da facção, para o presídio federal de Porto Velho. A transferência dele e de mais seis integrantes do PCC foi autorizada em novembro pela Justiça paulista, mas ainda dependeria do aval da justiça federal. Segundo o advogado, esta última autorização já foi dada. O Ministério da Justiça e da Segurança Pública nega.

Barbará, que já foi conhecido como "vice-chefe" da facção, é atualmente considerado o principal nome da "sintonia final dos estados e países", como é chamada a cúpula do PCC. Ele nega à Justiça envolvimento no crime organizado, mas Polícia Civil e MP afirmam que ele tem cargo de relevância dentro do grupo. Nesta quinta-feira (10), houve movimentação no processo de transferência dos sete presos que já têm determinação da Justiça. São eles: José de Arimatéia Pereira Faria Carvalho, o Pequeno; Cristiano Dias Gangi, o Crisão; Reginaldo do Nascimento, o Jabotá; Almir Rodrigues Ferreira, o Nenê do Simione; Rogério Araújo Taschini, o Rogerinho; e Célio Marcelo da Silva, o Bin Laden. Nas movimentações, estariam aprovações de juízes federais.


WWW.RONDONIATUAL.COM: Este site acompanha diversos editoriais. Todos as notícias veículadas aqui são tratatas como simples suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Não nos responsabilizamos por quaisquer comentários de nosso internautas.

Retirar notícia: Entre em contato, enviando-nos o link da matéria.

CONTATO: contato@rondoniatual.com

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo